Programação

PROGRAMAÇÃO 10º CaraECULTURANEGRA - Ano  2014  | Baixe a programação

Dia 21 de novembro

ABERTURA DO CARA E CULTURA NEGRA
Salão Negro do PANTEÃO DA PÁTRIA
Praça dos Três Poderes  - Brasília  - Brasil
19h às 23h

Apresentações artísticas

19 horas – Abertura com a mensagem do sacerdote TATA NGUNZ'TALA
19h30minmin Grupo BATUKENJÉ
20h ORQUESTRA DE BERIMBAUS AFINADOS
21h FARRA DE BASQUIAT – intervenção cênica
22h Jorge Ramos e convidados
       Lançamento do CD ‘LILITH, A LUA NEGRA’

Apresentação de vídeos

Abertura da exposição temática e fotográfica ‘AFRICAS INVISIVEIS’ do fotógrafo paranaense SERGIO RANALLI

Lançamento do PROGRAMA CaraECULTURA no formato EAD (Ensino à Distância) : ambiente virtual de aprendizagem para o ensino da História da África. Utilizando ferramentas próprias dos ambientes virtuais de aprendizagens (AVAS) possibilitando a ampliação de estudos de pesquisas e ações referentes à história e cultura africana.

LANÇAMENTO DO CONCURSO de artigos científicos com o tema 'AFRICAS INVISÍVEIS, para o corpo docente e discente. As categorias serão definidas pela organização do evento assim como a premiação. Todos os artigos serão publicados em periódicos de grande circulação.

DESENVOLVIMENTO DO MAPEAMENTO de ATIVIDADES SÓCIO|EDUCATIVAS e CULTURAIS REALIZADAS no DISTRITO FEDERAL.

Seminário A Teatralidade Precária. Uma experiência ressocializadora diante das práticas de violência simbólica e metaforização da cidadania no complexo Penitenciário do DF. Trata-se de um seminário que se realizará dentro da programação da 10a edição do Cara e Cultura Negra, em diversos espaços de Brasília (CENTRO POP, Teatro Dulcina de Moraes e UDF) constando de palestras e apresentações em Psicologia, Direito, Pedagogia e Ciências da Saúde, oficinas, laboratórios e exposição de painéis, vídeos e edição do livro, apresentando  o projeto pioneiro e exitoso do professor José Nildo de Souza desenvolvido desde o ano de 2006, cujo principal objetivo é  demonstrar que os sentenciados e detentas chegaram ao mundo do crime e das drogas por não terem acesso à experiência da beleza em suas vidas.


Ações de Promoção à Sustentabilidade e Responsabilidade Social

Um dos compromissos do Projeto é contribuir para o processo de conscientização da responsabilidade social. Várias parcerias serão feitas para atingirmos as metas definidas:

1) QUERO USAR DE NOVO

Lixo reciclável
1.1) Em parceria com a cooperativa de coleta e reciclagem 100 Dimensão, localizada no Riacho Fundo 2, o CaraECULTURANEGRA viabilizará a coleta de lixo reciclável do evento. A Cooperativa processa e produz materiais diversos a partir de algumas dosresíduos mais nobres da cidade, como os do Supremo Tribunal Federal, da Presidência da República e das quadras das asas Norte e Sul. Foi criada há quatorze anos e começou com um grupo de desempregados que se sustentavam por meio da coleta de resíduos. Os catadores selecionam madeira, vidro, ferro, papel, papelão e garrafas plásticas que utilizam para produzir relógios de mesa, esculturas de ferro, luminárias e caixas decorativas, entre outros objetos reciclados. A Cooperativa conta com 200 associados que dividem o trabalho entre a coleta seletiva do lixo, a seleção de resíduos, a reciclagem do material e organização e limpeza do local de trabalho.
 
Banners

1.2) Em parceria com a cooperativa  AS CANDANDAS, todo o material impresso do tipo banner será acondicionado em local apropriado e reutilizado. A cooperativa As Candangas, nascida da Cooperativa dos Trabalhadores Autônomos de Planaltina/ DF - COAESTP foi fundada em 1998, com o objetivo de gerar trabalho e renda para as mulheres da comunidade de Arapoanga, através da realização de confecção de roupas e acessórios. Ao longo destes 15 anos de trabalho, nos identificamos com o artesanato aliado à preservação do meio ambiente, passando a produzir flores de PET. Hoje, mantendo o foco na reutilização, produzimos bolsas e acessórios feitos a partir de banners reutilizados.